quarta-feira, 15 de janeiro de 2014

Kappel am Albis

No ano passado tive a oportunidade de participar de um curso na Universidade de Zurique da Volkshochschule, aonde o tema central foi a reforma protestante na Suíça até a criação da constituição federal de 1848; e é claro que essas aulas aguçaram ainda mais a minha curiosidade de viajante, e lá fui eu conferir tudo o que tinha ouvido durante o curso. Meu primeiro destino: Kappel am Albis.

Você já deve ter ouvido falar da reforma protestante na Europa, certo? Pois bem, Martin Lutero não foi o  único envolvido nessa trama. A Suíça teve também um grande líder: Ulrich Zwingli, que diferente de Lutero, se interessava mais pelo estudo das escrituras com uma postura mais humanista, menos espiritual - embora também defendesse a tese de que a salvação só poderia acontecer através da bíblia, Cristo fosse o único chefe da igreja etc. Imagine que em 1525 a reforma já estava completamente implementada em Zurique e Zwingli, prontamente com todo o conselho de Zurique a seu favor, começou a levantar vôo; seus interesses iam muito mais além do que se transformar em apenas um líder religioso sem ambição política: ele queria reformar a Suíça inteira e não se opôs as participar da segunda batalha de Kappel  em 1531 (todavia ainda como capelão), aonde acabou pagando caro por essa escolha, ou seja, com a própria vida.

Mas mesmo tirando todo esse contexto histórico, Kappel é uma vilarejo lindo - Confira!

Antes de chegar, a paisagem é nesse estilo…
P1090183
Resolvi estacionar o carro um pouco mais afastado da vila e ir caminhando até o monumento da batalha.
P1090221
P1090202
P1090188P1090194
P1090189P1090200
P1090205P1090206
P1090209P1090210
P1090211P1090212
P1090216
P1090215
P1090218P1090217
P1090219
P1090213

Um comentário:

  1. Olá Alessandra!
    Belas fotos. Aprecio o seu modo viajante onde o conhecimento histórico do local vale muito mais que simplesmente turistar.
    Um super bj

    ResponderExcluir

Vamos interagir, que tal deixar um feedback?