sexta-feira, 22 de fevereiro de 2013

Ossobuco de Vitela & Panela Riess

Ossobuco é um prato prático mas precisa de uma excelente panela para que possa cozinhar vagarosamente - concordo e tenho que ceder a isso. Já tentei antes na panela de pressão (péssima ideia), com pirex (ressecou demais) ou cozinhando em uma panela de ferro por muito tempo no fogão (um stress) e NUNCA ficou tão bom como na panela de aço esmaltada que resolvi comprar semana passada: Aleluia!!! Ela será o motivo do post de autoajuda culinária de hoje.
 Bratpfanne mit Deckel  32/22 cm  12,20 l
Imagens: Google
A panela de aço esmaltada utiliza o mesmo princípio da panela de barro Römertof:  precisa de pouco líquido, assim como pouca gordura, ajudando a conservar melhor as vitaminas e minerais dos alimentos.

As grandes vantagens na minha opinião da panela de aço esmaltada em relação à Römertopf são:
  • Esse material é mais leve e resistente do que o barro, ferro ou vidro.
  • Você pode usar as duas partes para preparar suas receitas e levá-las diretamente ao fogão também.
  • É de fácil limpeza.
  • Não gruda quase nada.
  • Ela não absorve os resíduos dos alimentos e a proliferação de bactérias não é farovecida como nas panelas de barro.
Enfim, valeu muito à pena essa nova aquisição; eu fiz a minha compra na Globus e a panela é fabricada pela firma Riess.
P1060382
“Se você crê em Deus, erga as mãos para os céus e agradeça”… esse Ossobuco ficou de comer rezando meu Povo, que delícia!

Na hora de servir, foi como sempre um desafio por causa do molho :-)
Primeiro com menos molho na foto 1, depois “apertei”o risotto e acrescentei mais molho e verdura na foto 2 (eu prefiro a variante 2)
P1060388
A minha receita de Ossobuco favorita, leva tomates picados bem maduros e acompanha Risotto alla Milanese.

As receitas que escolho são as mais simples possíveis, não tem segredo nenhum e o grau de dificuldade geralmente é minímo. Talvez por isso, quase nunca tenho receitas passo a passo para apresentar aqui. O que me leva a divulgar minhas experiências é o desejo de dividir a minha satisfação quando algo dá certo,  encorajando VOCÊ, a tentar SEMPRE, caso tenha vontade; se é possível melhorar e aprender a se virar na cozinha com menos tempo e usando acessórios que facilitem o seu dia a dia, pra que dificultar as coisas??? 
AMO COMER BEM, mas delegaria a tarefa de cozinhar sem pensar duas vezes, quero sempre saír logo de cena na cozinha. Na Suíça, tive que por a mão na massa e fazer o melhor possível, “hopp de bäse”, que literalmente significa: levante a vassoura. Sempre uso meu jardim como exemplo para explicar melhor esse sentimento, lá eu tenho GRANDE PRAZER em todos os processos… amo ficar horas criando, mexendo com a terra, entre as plantas, contemplando a natureza, me envolvo com tudo, nunca sinto que trabalho demais e adoro atuar demoradamente em todas as cenas :-)

E tem coisa que não tenho vontade alguma de tentar fazer MESMO; adoro restaurantes e acho uma diferença incrível, entre o que se pode preparar  em uma cozinha doméstica (mesmo super equipada) e as criações de um especialista  que passa anos de sua vida se aprimorando e além disso, tem uma cozinha profissional a sua disposição.  Não acredito MESMO que dê para comparar as duas coisas. Fora isso, também sei que tem muita gente que cozinha SUPER bem, MUITO MELHOR QUE EU e um dom natural para  criar e combinar pratos maravilhosos.  Com exceções das comidas caseiras, eu geralmente preciso de receita, caso contrário, esqueço muita coisa... mas apesar de tudo, continuo dando o melhor que posso. Esse blog é uma mistura de autoajuda com uma forte vontade de aprender mais, cada vez percebo que ao praticar a doação/troca somos os mais beneficiados. Puxa, como aprendi e continuo a aprender em blogs diversos; sou muito grata as valiosas dicas que descobri e tento na medida do possível também oferecer algo de volta. 
Curiosidades que eu adoro ficar sabendo: 
A receita original de risoto surgiu em 1574. Por quase 200 anos, nesse tempo, havia muito trabalho pela construção de uma Catedral,Duomo di Milano, havia carpinteiros, arquitectos e pintores de toda a Europa. Em uma pequena fazenda poliglota ali perto havia uma comunidade Belga: Valerio de Fianders, mestre na fabricação de vidros, tinha que fabricar algumas janelas para a Catedral e isso lhe trouxe muitos estudantes. Um em particular se destacava dos outros devido a sua habilidade de misturar cores. Seu segredo era misturar um pouco de açafrão quando o vidro estivesse pronto. Seu mestre sabia da paixão de seu mais prospero aluno por açafrão, mas fingia que não sabia de nada e se limitava a dizer a seu aluno, irritando-o, que se ele continuasse com isso iria acabar colocando açafrão no risoto. Após muitos anos de incomodar o aluno decide aplicar um truque no seu mestre: A filha de Valerio iria se casar e o aluno subornou o cozinheiro para esse colocar no risoto um pouco de açafrão. Imagine a surpresa dos convidados quando viram aquele arroz amarelo. Um teve a coragem de experimentar, depois outro e mais outro e todos adoraram surgindo assim o Risotto alla Milanese.
Fonte: Wikipédia

2 comentários:

  1. Que ótima dica essa da panela!! Eu aprendi (estou aprendendo) a cozinhar aqui, pois na Suíça, temos que literalmente por a mão na massa! Comprei umas frigideiras de cerâmica e facas da Kuhn Rikon que são tudo de bom e sem dúvida apetrechos bons fazem toda a diferença na hora de cozinhar.
    Quanto ao jardim, ano passado me empolguei e plantei mais de cem tulipas em casa :-), não vejo a hora de vê-las brotando, apesar de eu estar engatinhando em matéria de jardinagem, mas ver tudo lindo e brotando na primavera-verão não tem preço. Bom plantio e boa colheita pra você:-). Um abraço!

    ResponderExcluir
  2. Oi Alessandra, respondendo a sua pergunta: não comprei facas de cerâmica não, foram só as frigideiras mesmo e facas "simples" da Kuhn Rikon. Há inclusive uma loja outlet da marca em Schonenwerd no shopping Fashion Fisch e que vale super a pena!!! Quanto ao afiador, não sei de nenhum para te indicar. Bom domingo!!!

    ResponderExcluir

Vamos interagir, que tal deixar um feedback?