terça-feira, 6 de novembro de 2012

Organizar ou Sistematizar?




O que existe atrás de nós e o que existe à nossa frente são problemas menores, se comparados com o que existe dentro de nós. 
Oliver W. Holmes

Embora eu seja uma pessoa totalmente a favor da organização, às vezes percebo que começo a relaxar com algumas normas de disciplina que emponho ao meu dia a dia. Começo a mudar coisas sem me questionar antes, ou seja, cansei de fazer algo e começo a deixar pra lá. Pois bem, embora ame planejamento,  tenho preguiça de sistematizar. Contradição? Sim, mas muito interessante de se explicar;  seria o mesmo que:  você tem uma casa arrumada, mas não organizada.  A sistematização também vai além da organização, ela define um método que melhor funcionou dentro de vários  outros testados/utilizados. (Nisso os suíços são ÚNICOS).  A sistematização começa a acontecer depois de um controle de qualidade e verificação de possibilidades já aceitas. Ordenar não é o mesmo que sistematizar, embora muitas vezes esses termos se confundam.  

Quando você começa a entender melhor, o que te leva a ter determinado comportamento, a possibilidade de mudá-los para poder obter melhores resultados começam a progredir significamente.  Sua capacidade de atingir com sucesso suas metas, será muito maior. Mas para manter uma conduta disciplinada, que o faça continuar focando somente em bons resultados, você precisará passar da subjetividade amadora, para a objetividade lógica.  E aí que a preguiça me pega mais uma vez. Minha personalidade quer sempre obter os melhores resultados, usando o minímo possível da “lógica sistemática”.  Procuro sempre me informar do que funciona mais rápido, leio, reflito, admiro, mas na hora de aplicar... putis, conto até mil, passo para o dia seguinte... enrolo e sempre procuro o caminho mais fácil.
Apontando algumas das minhas pendências: 
  • Sistematizar/classificar /agrupar minhas fotos por ano e país e criar um banco de dados melhor e mais eficiênte; 
  • Sistematizar/ reorganizar meus CDs antigos;
  • Revisar/separar/doar meus cursos de línguas em audio-CDs;
  • Reorganizar os meus audiolivros, etc.

Acredito que dentro de nós, habitam duas realidades dominantes que ajudam a definir nosso caráter:  aquela que alegra ou aflige nosso ego, ou aquela que somente o inflama pelas vaidades, para logo em seguida,  derrubar nossas falsas crenças .  Há dias/momentos em que ambas trabalham a seu favor, dificultando muito o ajuste de contas com nós mesmos. Mas tudo tem sua hora certa e “um belo dia eu resolvi mudar e fazer tudo que eu queria fazer” e ontem,  depois de ter trabalhado  que nem louca e deixado de dar prioridades a outras coisas, comecei a sistematizar minha vida virtual/intelectual e aceitar uma nova aliança com todos os sistemas e métodos que me ajudem a ser mais eficiente e feliz J.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Vamos interagir, que tal deixar um feedback?